1 de agosto de 2017 Kareemi 1Comment

26024070_2029559770633636_2185854224649286920_o

Hoje escrevo pra contar um pouco sobre minha relação com meu corpo, um assunto que muita gente tem curiosidade e que pode colaborar com sua aceitação com o seu corpo e aparência também!

Muitas pessoas me perguntam sobre como me senti no período de reabilitação e adaptação após a perda do braço, como foi me relacionar com minha nova imagem depois de perder uma parte (importante) do corpo, e principalmente: como ficaram minha Autoestima e Autoconfiança, sendo Mulher, pra tocar minha vida amorosa e meus relacionamentos.

Por isso, vou te contar neste post, parte da minha história de amor com meu “novo corpo”, que se deu (na realidade) após um ano do meu acidente…

Embora a perda de um braço seja extremamente impactante na vida de qualquer ser humano, por mais aceitação que se tenha, tudo muda.

Como você já deve saber, perceber, ou pode ter assistido à alguma entrevista ou vídeo onde falo sobre esse assunto, pra mim isso foi leve, pude lidar com isso de uma maneira natural e rara… bem incomum e, honestamente? Ganhei (além de muitas coisas maravilhosas) todo o meu corpo de presente!

Despertei minha Consciência Corporal, reconheci meu corpo todo, me envolvi com cada parte e função dele, e desenvolvi uma relação com ele muito importante e que até então nunca havia existido.

Mas esta conexão toda se consagrou em mim um ano após eu perder o braço.

E foi por outro motivo…

E essa é a história mais importante sobre o meu corpo pra contar pra você, e para o mundo! Pois foi a que transformou o meu corpo, saúde, bem-estar e mudou a minha vida, Amor Próprio e, especialmente, meus relacionamentos amorosos.

Quando eu tinha 16 anos eu fui diagnosticada com S.O.P. (Síndrome dos Ovários Policísticos), e o único tratamento que os ginecologistas tinham pro meu caso, era tomar pílula anticoncepcional, pois elas “freavam” sintomas da síndrome no meu corpo.

Então desde essa descoberta, eu passei mais longos 16 anos “refém” de anticoncepcionais.

Todas as vezes que eu tentava fazer uma pausa com a pílula, pra testar se a síndrome estava curada, eu sofria com muitas cólicas, enxaquecas e acne, e acabava voltando a tomá-la.

Então, um ano após o acidente, já com toda essa Consciência Corporal nascendo em mim, eu tive um “click” durante uma meditação: não fazia o mínimo sentido continuar tomando tantos hormônios, por tantos anos, se já estava provado que eles não curavam meus ovários!

Eu tinha que parar com a pílula imediatamente e precisava de apoio e alternativas que a medicina convencional não tinha como me oferecer, pois os médicos insistiam que eu não podia ficar sem pílula.

Quando nos conectamos com o nosso “centro”, nosso “eu interior”, e ouvimos a voz da Consciência, automaticamente nos abrimos às possibilidades para recebermos o que precisamos do universo. E foi de uma forma muito maluca que a Ginecologia Natural – que é baseada no quanto as emoções da mulher impactam o útero – chegou até mim.

Mas ao invés de continuar te contando por aqui sobre esse meu encontro maravilhoso com o meu corpo de mulher, como me curei e curei a minha vida através da Ginecologia Natural, eu prefiro que você me ouça contando essa história.

Então gravei um vídeo exclusivo pra você falando sobre isso…

Se você quer entender como a Ginecologia Natural me trouxe Autoconhecimento me Transformou em uma Mulher com muito mais Autoestima, Amor Próprio e Autoconfiança, e com Relacionamentos cheios de Respeito e Amor de Verdade, continue lendo este e-mail até o final.

Aperte o play para assistir ao vídeo.

 

Um Beijo no Coração,

Kareemi.
Porque a Vida Pode Ser Mais Leve!

As inscrições para o meu Workshop de Ginecologia Emocional, um curso 100% Online, estão abertas. Para receber todas as informações clique neste link.

ESCOLHIDO PARA VOCÊ:

Você sabe perceber quando seu corpo está pedindo uma pausa?

E você? Gosta do seu Corpo?

A importância da Consciência Corporal

 

Use as hashtags abaixo nas suas redes ao compartilhar os nossos conteúdos, assim mais pessoas se juntarão a nós neste Lindo Despertar!

#ViverComLeveza
#DesenvolvimentoHumano
#GinecologiaEmocional
#EstamosJuntas

One thought on “Minha história com meu Corpo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *